COMO SER ELEGANTE

Muitas vezes falamos sobre elegância e ficamos sem saber o que é preciso fazer para ser uma mulher elegante.

Questionamos, por exemplo, se precisamos mudar as roupas ou o corte de cabelo, e é claro que todos esses detalhes fazem diferença, mas existem alguns princípios básicos que são fundamentais para se tornar elegante.

Não adianta ter o corte de cabelo da moda ou a unha sempre feita porque é preciso entender a essência desses elementos para usá-los corretamente.

Aprender tudo o que é necessário para ser uma mulher elegante de uma forma simples é o ponto principal para a construção dessa imagem pessoal.

Mandamentos da elegância

Os princípios de elegância são flexíveis porque devem ser adaptados às situações. Por isso, é importante saber que elegância não é simplesmente saber se portar à mesa.

A elegância não é saber escolher qual o garfo que deve ser usado à mesa, mas sim saber circular pelas situações e se adaptar. Da mesma forma, ser elegante não é mais sobre ter bolsa cara, joias e peças de marca.

Elegância é saber escolher uma bolsa cara ou barata. Uma mulher elegante tem personalidade, seu próprio estilo e conhecimento sobre seus hábitos e costumes, ou seja, não abre mão da sua essência para ser uma pessoa elegante.

A elegância é um estilo de vida que vai te acompanhar em todos os momentos, deixando a sua vida mais leve e mais gostosa e fazendo com que você consiga se relacionar melhor com as outras pessoas. Existem alguns princípios que são importantíssimos para ser elegante.

Harmonia

Harmonia significa ter um visual equilibrado. Buscamos harmonia, por exemplo, no nosso ambiente de trabalho e na nossa casa porque prezamos por um ambiente que esteja minimamente organizado e limpo.

Já uma bolsa em cima da mesa de qualquer jeito não demonstra harmonia porque não tem delicadeza e sutileza, faltando cuidado com o outro e com o ambiente.

A harmonia é essencial com o meio em que você vive, com as outras pessoas e na sua beleza. Fala-se muito em harmonizar a beleza natural, ressaltando o que a mulher tem de melhor de forma natural.

Se você tem um jeito super expansivo e alegre deve continuar sendo assim, mas precisa estar em harmonia com a sua situação, com o meio em que vive e com as pessoas com quem está convivendo.

Uma pessoa muito introspectiva deve fazer um esforço para estar em harmonia com o meio em que está convivendo. Ao longo da vida devemos aprender a ceder e a nos adequarmos às situações.

Não tem como ser elegante sem tentar ser agradável. A elegância está na busca da harmonia e de estarmos em um ambiente e promovermos para que ele seja gostoso, com relações saudáveis.

Beleza importa

Beleza não é algo superficial e que foi inventado para oprimir as mulheres. É do ser humano buscar e querer estar entre coisas boas e belas, assim como é de todo indivíduo ficar confuso e atordoado em meio a uma cena de destruição.

É humano querermos estar perto de coisas bonitas e podermos proporcionar algo belo para as outras pessoas, seja na nossa beleza natural (nos arrumando, nos cuidando, nos vestindo bem, ou fazendo uma maquiagem), seja em pequenas coisas (como se importar em agradar e fazer algo bonito na hora de receber visita em casa).

Uma mulher elegante não faz as coisas de qualquer jeito porque se preocupa em entregar essa beleza em formato de carinho para as outras pessoas.

Ter beleza na sua imagem não se resume a usar maquiagem e uma roupa bonita, mas também nos cuidados e delicadezas em tudo que faz, a exemplo de não deixar a mesa suja e bagunçada ao fazer uma refeição em uma praça de alimentação.

Se importar com a beleza é algo que faz bem para a mulher e para quem convive com ela. É preciso entender a beleza como uma expressão da beleza interior, da bondade.

Se comunicar com a beleza interior através da aparência é uma comunicação não-verbal. Rodear a vida com beleza é algo muito importante, principalmente para quem quer ter uma vida mais elegante em todos os aspectos.

Você já deve ter ouvido essa frase: a forma como você se apresenta ao mundo é a forma como o mundo vai te tratar de volta!

Todo mundo já deve ter tido a experiência de um dia sair de casa mal cuidada e ter a impressão que as pessoas estão te olhando de um jeito diferente, com reprovação, mas no dia que você realmente se cuida as pessoas sentem que você está bem consigo mesma e de alguma maneira elas te tratam da mesma forma que você está se sentindo (bem).

Boas maneiras

Ter boas maneiras é muito importante para nossa vida, para as nossas relações e para que possamos crescer profissionalmente. É saber se comportar em diferentes situações e sair de uma saia-justa sem criar uma situação ainda pior.

As boas maneiras são uma medida de civilidade porque saber se portar bem traz relacionamentos humanos melhores e mais leves. Logo, uma mulher que quer ser elegante deve ter boas maneiras porque elas abrem portas.

Muitas vezes, para sermos educadas, precisamos saber quando se deve não fazer nada ou quando se deve se afastar porque isso é ser elegante e educada no seu comportamento.

As boas maneiras estão muito relacionadas com o fato de estar atento ao seu redor e se comportar de acordo, inclusive saber quando não se deve agir.

Autocontrole

O autocontrole sobre os nossos impulsos é muito importante, tanto para ter atitude na hora certa como para saber deixar de agir quando necessário.

Uma mulher elegante precisa ter autocontrole para perceber quais os momentos de permitir que esse impulso realmente aconteça e é útil e quando deve parar.

Saber controlar as emoções é essencial para se transformar em uma pessoa elegante e humana.

É preciso saber escolher os momentos que as emoções mais fortes devem aparecer; da mesma forma que não se pode ser passiva o tempo todo porque é preciso, nos momentos que são necessários, defender sua posição, colocando limites sem ser grosseira (com elegância).

Tempo e esforço

Para a construção de algo realmente valoroso é preciso tempo e dedicação. Pouco esforço não combina com conquista duradoura porque exige pouco compromisso.

A mulher elegante sabe que as coisas muito fáceis se perdem e que, para conquistar algo, seja na vida financeira, profissional ou emocional, precisa de tempo para seu trajeto natural.

Então, precisa existir compromisso, esforço e paciência porque as coisas levam um tempo.

Princípios de moda

Saber os princípios de moda é muito mais importante do que seguir as tendências. Para uma imagem elegante é preciso entender a essência da moda para não perder a sua personalidade no meio dessa construção.

O autoconhecimento é um forte aliado para a mulher se vestir bem de acordo com as suas necessidades práticas.

Toda mulher elegante sabe o seu estilo pessoal, a combinar cores, a identificar tecido de qualidade e a reconhecer caimentos corretos de modo a valorizar sua silhueta.

Regrinhas de elegância

Existem algumas regrinhas de elegância que ajudam a ter um visual mais elegante que são importantes de serem observados para se vestir bem e com harmonia. Pessoas de bom humor sempre estão elegantes sem esforço porque sabem lidar melhor com as situações.

Em relação às peças, existem três elementos para escolha de um look: peças mais curtas, peças mais justas ou um decote. Para ter um visual elegante deve-se escolher apenas uma dessas opções ou, no máximo, duas.

Use a moda a seu favor

Usar a moda ao seu favor não quer dizer seguir a tendência atual. A mulher elegante usa o que valoriza a sua silhueta, não importando se é a tendência mais forte do momento.

Por isso, estar bonita é diferente de usar uma peça bonita. Quem sabe usar a moda a seu favor consegue identificar o que realmente vai ficar legal no seu corpo e a combinar com o que já tem no armário, não desperdiçando dinheiro.

Não seja escrava da moda. Aprenda os fundamentos da moda para ter o conhecimento necessário para só comprar peças que realmente fazem a diferença, deixando a imagem mais bonita e equilibrada.

Qualidade

Precisamos prestar muita atenção na qualidade do que consumimos porque não adianta ter várias peças no armário se elas não possuem qualidade.

Comprar peças com uma melhor qualidade e pensando se realmente será usada é a postura de quem sabe se vestir de maneira adequada e que sabe valorizar e fazer bom uso do seu dinheiro.

E fazer bom uso do dinheiro não tem nada a ver com comprar roupa cara e de marca, mas sim fazer boas escolhas mesmo estando em uma loja de departamento. Analisar se o material é adequado para o uso é fazer boas escolhas com qualidade.

Chique é diferente de elegante

Estar chique não significa estar necessariamente elegante. Para uma mulher ser chique basta ter dinheiro e comprar roupa, bolsa e joia cara e de marca, mas ser elegante não tem nada a ver com poder aquisitivo.

Para ser elegante tem que saber se comportar em qualquer situação, se relacionar bem e escolher uma roupa que valorize a sua silhueta. Não adianta estar chique usando uma roupa caríssima, mas que não te favorece porque não vai ficar elegante.

Elegância é uma questão de escolha

Nenhuma mulher nasce elegante porque a elegância é uma construção, um refinamento do olhar.

A elegância não está só nas roupas porque a roupa é uma expressão final, é uma maneira de expressar sua essência, mas, se você não modificar a sua essência e não tiver um compromisso verdadeiro, não vai conseguir disfarçar.

Então, se você quer se tornar uma mulher elegante deve decidir ter esse propósito de vida. A elegância é uma questão de escolha, de decidir ter esse estilo de vida, de trazer para vida essa leveza e esses bons relacionamentos, de saber controlar as emoções, em se relacionar bem com os outros, em ser agradável e de levar a beleza para onde for.

Assista o vídeo do meu canal do Youtube sobre ,Os 10 Mandamentos da Mulher Elegante ,tocando AQUI.

Beijos,

Manu.

PS.: Quer ser uma mulher elegante e bem vestida? Inscreva-se no meu curso de estilo para aprender a ser uma mulher elegante e valorizar a sua silhueta.

Para saber mais informações, ,toque AQUI.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: